História
A JULIPEDRA, Lda. nasce da experiencia e conhecimentos de Julio Lopes Pedro, que herda do seu pai a tradição de trabalhar a pedra, a trabalhar desde 1955, é reconhecido localmente como mestre na arte de transformar a pedra desenvolvendo a sua actividade num pequeno espaço familiar.

Em 1981 é oficialmente criada a JULIPEDRA, possuindo, á altura, um espaço industrial com cerca 1500m2 de área coberta. Especializada nas peças feitas á medida, com alto valor acrescentado, para o exigente mercado das luxuosas propriedades de áreas residenciais turísticas como é exemplo o resort “Quinta do Lago” no Algarve.

O crescimento da empresa é mais significativo a partir do ano 2000 fruto do desenvolvimento e presença forte no mercado nacional.

A partir de 2008 a JULIPEDRA começa a extrair de suas próprias pedreiras passando a controlar todo o processo. É também a partir desta data que se inicia o processo de internacionalização da empresa, com parcerias e fidelização de clientes. Desde 2009 que a JULIPEDRA faz parte do estrito leque de empresas galardoadas com o titulo de PME Lider, premiando o esforço e trabalho feito.

Actualmente a empresa exporta cerca de 90% da sua produção para mais de 40 países em todos os continentes.


“Desde os tempos em que serrava a pedra á mão até hoje, com toda a maquinaria, a pedra continua a ser o mesmo desafio”
Júlio Lopes Pedro – Fundador da JULIPEDRA



 
Fábrica
A JULIPEDRA, possui uma unidade industrial localizada no centro do país, bem no coração do Maciço Calcário Estremanho de onde é extraída toda a matéria-prima. Ocupando cerca de 20.000m2 de área, dos quais 7.000 são cobertos, está equipada com as condições necessárias para a produção, de forma sustentável, de rochas ornamentais.

Os métodos utilizados permitem ganhos de competitividade acima da média, utilizando a experiência e tecnologia moderna para minimizar desperdícios. As modernas linhas de produção, tanto de corte como de acabamentos, garantem um fornecimento em quantidade com controlo de qualidade. Flexibilidade dos meios e processos possibilitam capacidade de resposta a pequenos, médios ou grandes projectos.

​A experiência de décadas a trabalhar a pedra faz a diferença a prever, programar e gerir toda a produção. Para que todo o processo seja sustentável é necessário reaproveitar todos os desperdícios gerados durante a produção. Assim, toda a unidade fabril está equipada com sistemas de gestão e reutilização dos resíduos, líquidos e sólidos.


 
Pedreiras
​​Todo o processo começa com a extração dos blocos na pedreira, é aqui realizado o primeiro controlo. A classificação dos materiais por qualidade, quantidade existente e caracterização técnica permite garantir, a cada projecto, uma solução viável.

​Os modernos processos de extração permitem uma alta capacidade de produção, capaz de responder, em tempo útil, aos mais exigentes desafios.

A JULIPEDRA possui uma longa e bem-sucedida relação com as principais pedreiras da região, um trabalho realizado em estreita parceria com os fornecedores que permite um controlo eficaz de todo o processo.



 
Pedreira Valongo
Localizada em Rio Maior, no sopé da Serra dos Candeeiros, a pedreira VALONGO tem uma área de extração superior a 30.000m2, as suas camadas são inclinadas com declives de 15 a 20º a Oeste.

​Desta unidade são extraídos aproximadamente 200m3 por mês de blocos selecionados de pedra BRANCO VALONGO.

 
Pedreira Vale da Onia
Localizada em Alcobaça, na mancha de afloramentos de Calcários de Moleanos, a pedreira VALE DA ONIA desenvolve-se em flanco de encosta e com uma área de extração superior a 40.000m2.

As camadas estão orientadas NE-SW e apresentam inclinações a rondar os 15º, a extração é feita a favor da laminação sedimentar.

​Desta pedreira conseguem-se extrair de 200 a 300m3 por mês.

 
A Nossa Equipa